sexta-feira, 15 de agosto de 2014

A perda de um verdadeiro amor

As perdas se fazem para sempre quando se ama,
O esquecimento se faz um mero não esquecer...
O coração se enche de tudo aquilo que a dor permite...
E nunca mais fica vazio, ao contrário, fica repleto
Do que sobra quando um amor verdadeiro se vai...
Ficam saudades, angustias, mágoas infindas...
E o que mais machuca...a carência que fica
Gritando dentro da alma a ausência dolorida, 
Matando os sonhos que um dia se fizeram esperança
De vida. Tudo fica triste como se nada mais
Fosse preciso...nem mesmo sonhar. Nada existe mais.
A alma grita em desespero a solidão que lhe toma...
O coração parece querer gritar dentro do peito,
Os olhos...se enchem de lágrimas como fossem
Pedaços da alma a saírem feito loucos ao tempo....
Mas sem lugar pra chegar e... nem lugar pra ficar...
Em qualquer lugar a dor é a mesma, só mudam as lágrimas,
Até o vazio se enche da mesma dor. Mas um nome
Fica nos lábios, como oração a ser rezada, sem fé,
Porque a alma está cheia de mágoas, e contrariando
O coração, os lábios dizem: Não te amo mais.


José João
14/08/2.014






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...