sexta-feira, 9 de maio de 2014

Meus sonhos se calaram

 Meus sonhos se calaram, é meu remorso que grita
Castigando minha alma, cobrando todas as palavras
Que não te disse, todos os beijos que não te dei,
Os olhares que não trocamos. Se ao menos essa dor
Fosse de saudade! Talvez não doesse tanto,
Mas é por tudo que pude fazer e não fiz.
Sinto faltar dentro de mim esses pedaços de nós,
Que hoje não se fariam falta mas... apenas saudade
E não essa angustia, essa dor desvairada que consome
Os dias, pensamentos e me fazem essa vontade de chorar,
Como se todos os outros momentos se fizessem pouco,
Pequenos, por tudo que não fizemos, por minha culpa,
E isso é o que dói mais, ser o culpado da minha própira dor.
É esse remorsos que deita minha alma no nada,
Encharcada em prantos como se chorar fosse preciso
Para a vida se fazer viva, fazer o coração pulsar
Como se cada pulsar fosse um soluço ou uma lágrima.
Quem me dera toda essa dor não fosse dor,
Ou se fosse, que viesse com a saudade, assim doeria menos,
Teria você em todos os momentos, sem faltar nenhum,
Nenhuma palavra, nenhum beijo, nenhum olhar...
Nenhum pedacinho de nós dois. Não é só tua ausência
Que me maltrata, é o remorso, que faz minha saudade
Não ser completa


José João
07/05/2.014

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...