sábado, 31 de maio de 2014

Além de todas as verdades

Não há de ser nada essa dor que agora sinto,
Mais seria, se de ti,  não tivesse essa saudade
Que me faz te sentir toda ainda como verdade
Embora, aos gritos, a alma diga que eu minto

Diz ela que não me és apenas e só saudade
Que muito além de toda e qualquer verdade
És muito mais, talvez mais que a própria vida
Que sem ti, até sonhar, eu nem mais consiga

Quedo-me realmente a tão tenaz desespero,
 Ao medo que um dia a saudade vá embora
Essa saudade que a alma sente e por ti chora

Mas não com lágrimas frias cheias de tristeza
São prantos que trazem os sonhos em que estás.
E dizem baixinho: Sempre dentro de mim ficarás


José João
31/05/2.014










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...