segunda-feira, 7 de abril de 2014

Te amei assim, com um amor simples

Te amei.... com o amor do mais simples mortal,
Um amor simples como aquele que nunca acaba,
Que nasce na alma, nela se cria, cresce e nunca morre.
Te amei com aquele amor de criança, que apenas ama
E não pergunta porque. Não escolhe hora pra dizer
Te amo, sorri sem motivo, fica demente, fica ávido,
Fica satisfeito e carente. Te amei com aquele amor simples,
Que não faz perguntas, que responde com o coração,
Te amei com toda a simplicidade de te olhar te amando,
Do doar sem pedir para receber, porque o amor simples
Sabe dar de volta na hora certa, sem mais e sem menos,
Na medida exata da necessidade de cada momento.
Te amei assim. Amei teus sorrisos mais alegres,
Amei teus sorrisos tristes, te amei até nos momentos
Mais confusos, exatamente naqueles que faziam parecer
Que não me amavas mais... é preciso saber sentir,
Aprendi a te amar assim, um amor simples,
Mas cheio de mim, cheio de minha alma, cheio de ti,
Cheio de nós dois, na simplicidade de um amor simples,
Desses que não acaba nunca, está sempre vivo...
Te amei até quando me dizias: Meu amor, por favor...
Hoje não. Te amei assim, com essa simplicidade,
Como a saudade que sinto agora, tão simples...
Que dói, que faz...simplesmente... chorar.


José João
07/04/2.014

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...