sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

...Vou te amar mais ainda

Que a noite não passe, que a saudade me marque,
Me deixe na alma essa tanta vontade de ti.
Que o amanhecer faça da noite qualquer ontem
Desde que deixe, o que contigo, nos sonhos senti

Que a solidão se deixe ficar contando suas histórias,
Que lágrimas caiam em meu rosto em doce silêncio
Não me importa se a noite lá fora nada me deixa ver
A mim, me importa, por tudo isso, não te esquecer

Que importa se é tão triste a canção que a brisa canta!
Como se a noite estivesse chorando baixinhos lamentos
Que importam solidão, saudade, lágrimas até o silêncio
Dor seria não ti sonhar, aí estariam os meus tormentos

Se o amanhã custar tanto a chegar, por culpa da noite,
Que por pedido da solidão teima em passar devagar
Se no alvor da madrugada fria meu frio aumentar
Não importa, desde que contigo possa ao menos sonhar

Se o silêncio sombrio da noite escura insistir em calar
Minha voz reticente, mas vontadosa de teu nome chamar
Se tudo se fizer vazio por essa tanta e doída ausência de ti
Vou, com toda  força de minha alma, para sempre... ti amar


José João
07/02/2.014








Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...