sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Já nem sei mais quem sou

...Já não sei quem sou, me perdi de mim pelas estradas
Que a vida me fez passar, me perdi dos pensamentos e sonhos,
De todos, até daqueles que deixei para sonhar depois.
Sigo como andarilho demente por  longas estradas perdidas,
Já nem sei de quem ou de onde vem a saudade que sinto,
Mas sei que sinto, e fica dentro de mim trazendo momentos
Que nem sei se vivi. Talvez seja minha alma chorando dores
De tempos distantes ou de lugares que nem conheci,
Quem sabe saudades e lágrimas tenham sido minha herança!?
Quem sabe a vida me ensinou a fazer poesias, para que nelas
Minhas lágrimas voem livres e se façam minhas orações...
Não sei de onde vem essa vontade de chorar,
De me entregar ao pranto como se fosse preciso,
Como se fosse tributo por pecados cometidos, e não sei
Se fui eu quem os cometeu, mas choro, e não reclamo,
Afinal, as lágrimas não servem para remissão de pecados?
Choro saudades que não sei de onde veem, choro dores,
Talvez alheias, como se minhas elas fossem. Minha loucura.
Talvez chore um amor que eternamente... se perdeu de mim.


José João
13/09/2.013


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...