domingo, 2 de junho de 2013

Uma canção... e tudo se faz saudade!

Uma canção triste vem com a brisa da noite
Uns acordes como lágrimas, se fazem pranto,
Alguém, como estou, chorando sozinho agora.
É essa dor-saudade que chega sem ter hora

A solidão, escondida na noite, por trás do vazio
Fica imóvel, como se a alma fosse uma presa,
Uma caça indefesa, a entregar-se à triste sorte
De ser só, sentindo uma dor pior que a da morte

A musica continua com suas notas de lamento
A se fazerem desesperados gritos de carência
Que pulam livres do coração em triste demência.

Os olhos buscam sonhos que já não podem sonhar
A tristeza lhes fechou a porta , agora só a saudade,
As dores, angustias e prantos podem na alma chegar


José João
31/05/2.013




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...