sexta-feira, 17 de maio de 2013

Hoje, a dor doeu mais que sempre

Hoje, mais que nunca, minha alma grita em desespero incontido
Enche meus olhos de lágrimas, o coração de angustias, e chora,
Desesperadamente, chora uma dor que não sabe de onde vem
Uma saudade dolorida que chega, e a alma não sabe de quem

O mundo em volta fica denso, sem cor, os olhos ficam sem brilho
A voz emudece em suspiros perdidos que nada querem dizer,
Ou pelo menos não se entende o que dizem, é uma falta de tudo
Sem nada faltar, a alma querendo gritar e a dor mandando parar

E eu... querendo chorar como nunca ainda chorei e... nem sei
Se teria tantas lágrimas, para chorar tanto como preciso agora
É uma dor que me toma até os sonhos e... os manda embora

Não sei se é dor, angustia ou saudade, nem sei o que sinto
Mas sei que dói, sinto na carne essa dor como nunca doeu, 
Tomara o tempo diga pra a alma o que hoje me aconteceu


José João
17/05/2.013



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...