terça-feira, 23 de abril de 2013

Os Sonhos! Vagueiam por aí perdidos

Meus sonhos ... vagueiam por aí como fantasmas perdidos
E minhas lágrimas caem dos meus olhos querendo segui-los
A alma desesperada reza orações ...gritando torpes heresias
Por que todas as verdades, todas, se fizeram meras fantasias

As tantas promessas que um dia, sob juramento, foram ditas
Eram apenas palavras vazias, palavras que se fala sem sentir
Assim como folhas caídas, rolam ao tempo levadas pelo vento
Indo sem nunca chegar mas se deixando ficar como tormento

Até minha voz emudeceu como se um vazio lhe tomasse toda
Os poucos ais e suspiros que consegui que de mim saíssem
Foram se diluindo na imensidão do nada e nem o eco voltou

Talvez tenha se tornado uma lágrimas de minha própria voz
Quando até a tristeza, por pena de mim, comigo chorou,
Solidária, dizendo que sozinho ninguém chora dor tão atroz


José João
16/04/2.013







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...