terça-feira, 12 de março de 2013

V Antologia de Poetas Lusófonos

Esta alegria tão grande que sinto agora, quero dividi-la
com todos que, por me honrarem com suas visitas, têm
uma grande participação nessa conquista. Obrigado e
um terno e carinhoso beijo no coração de todos.

Capa
Poesias selecionadas:
A poesia que a tristeza escreveu
 Soneto da Saudade

Lançamento: 23 de março de 2013
Museu de Imagem em Movimento
Largo de São Pedro
Leiria-Portugal

Prefácio
V Antologia de Poetas Lusófonos

 O Mundo acaba sempre por fazer o que sonharam os poetas.
George AGOSTINHO Baptista DA SILVA (1906-1994)

 Deambular pela Lusofonia complementa o pensamento, exalta a imaginação e arremessa a idealidade ao solo cultural que fortifica as estirpes do povo. Faz-nos lançar ao vento lusófono a poesia que existe em nós, enquanto o impulso da inspiração nos remete ao paraíso do sonho.
Por isso, escrever é algo mais do que espalhar letras, entornar palavras ou construir frases. Escrever é transmitir ideias, é concretizar desejos, é realizar sonhos, é prolongar a firme voz de comunicar. Escrever é cunhar identidade pela diversidade cultural que une países, regiões, cidades e aldeias.
O Padre ANTÓNIO VIEIRA (1608-1697), exposto por FERNANDO António Nogueira PESSOA (1888-1935) como o Imperador da Língua Portuguesa, deixou gravado na sombra do oceano da Lusofonia que um “Livro é um mudo que fala, um surdo que responde, um cego que guia, um morto que vive”.
A Lusofonia que se espalhou ao longo dos séculos e inundou continentes, continua bem viva através das sementes que todos os dias se lançam ao vento, na esperança de um dia germinarem e darem os seus frutos.
Foram imensos os homens e mulheres que muito deram às Letras da Lusofonia, que espelharam as suas palavras e as suas frases no reflexo de oceanos de letras.
A V Antologia de Poetas Lusófonos é como uma esbelta e simples trança de uma criança, onde poetas dos vários cantos do mundo vão entrelaçando a estrofe, a rima ou quadra transmitindo ideias, pensamentos, desejos, esperança e sonhos.
São 147 Poetas, oriundos de 15 países. São quase 500 Poetas de mais de duas dezenas de países, em cinco antologias. São Poetas que deveras defendem e erguem a voz da Lusofonia naquela que é uma das maiores antologias do mundo da Língua Portuguesa.
A todos os poetas participantes se deve este feito. Foram eles e têm sido eles, que unidos conseguiram e vão conseguindo lançar o grito da Lusofonia para além das amarras dos interesses, para além dos interesses amarrados.
Durante esta V Antologia recebemos muitas palavras de incentivo, de coragem e de congratulação de imensas pessoas, entidades, instituições, desde Presidentes da República ao mais simples e humilde cidadão.
Estamos orgulhosos – peço desculpa pela fatuidade – por todo este simples e humilde trabalho desenvolvido em redor da promoção da Poesia, da Palavra, dos Poetas, da Lusofonia e principalmente da Língua Portuguesa.
É uma Antologia com poemas simples e outros mais eruditos, mas todos eles com mensagem, seja ela de amor, de tristeza, de angústia ou de experiência de vida.
Desde o início que esta Antologia foi identificada e assumida como de todos os Poetas participantes. Assim foi e assim será. É a voz de todos que interessa difundir como um projecto de união, porque “ser poeta não é apenas dizer grandes coisas, mas ter uma voz reconhecível dentre todas as outras”, como defendeu o sonho e redigiu o punho do Poeta brasileiro MÁRIO de Miranda QUINTANA (1906-1994).
Assim, iremos, paulatinamente, caminhar nesta vereda da Lusofonia – por vezes turbulenta e inquieta – por entre rios e mares, serras e planícies, sol e chuva, dia e luar, palavra e voz, Língua e Lusofonia…
Porque, afinal de contas, “vivemos de palavras”, como redigiu RAÚL Germano BRANDÃO (1867-1930).
Adélio Amaro
Leiria, 11 de Março de 2013
Dia de Jacinta de Jesus Marto (1910-1920)



2 comentários:

  1. Muitos parabéns!
    Fico muito feliz por poder em breve adquirir um exemplar o poder ler o seu talento nas páginas dessa edição!

    => Crazy 40 Blog
    => MeNiNoSeMJuIz®
    => Pense fora da caixa

    ResponderExcluir
  2. Vim deixar aqui registrado, na postagem, meus parabéns por você está nesta antologia. Esse é o prêmio para teu talento e outras virão, com certeza até acontecer o que mereces... publicar teu livro e mais feliz estou por também estar presente, o que para mim é um sonho. Bjus poeta... sucesso!
    => Gritos da alma
    => Meus contos
    => Só quadras

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...