quinta-feira, 14 de março de 2013

Meu dia (eu, a poesia)

Eu? Sou criança inocente, sou jovem eterna senhora
Sou a essência da perfeição da alma que seja pura
Sou de um grão de areia ao mais perfeito universo
Sou pedaço e sou completa na linha de cada verso

Sou teu coração pulsando forte quando falas de amor
Sou a ternura de um olhar quando pousa em uma flor
Sei teus sonhos mais escondidos, conto a tua saudade
E a cada momento, se quiseres, faço dele eternidade

Sou essa tua luz no olhar, posso até ser tua história
Pensamentos e segredos, posso ser também teu pranto
Mas se me entrego a um poeta já me faço de encanto

Sou desde os sonhos mais lindos ou até tua alma vazia
Quando acontece uma perda, um adeus que não querias
Mas hoje só quero ser alegria: Viva a mim...a POESIA


José João
14/03/2.013


Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...