sábado, 2 de março de 2013

Dor que é mesmo dor...

Uma lágrima, e apenas uma lágrima, rolou em meu rosto,
Apenas uma lágrima que, descuidada, caiu de meus olhos
Mas parece nunca ter secado, se fez um desenho perfeito
Contando a história de um adeus eternizado em meu peito

Nunca mais chorei porque nunca mais foi preciso chorar
Não houve mais nenhuma dor que pudesse me fazer pranto
Assim, em toda minha vida, chorei apenas uma única vez
Se hoje choro não é dor nova é que de eterna aquela se fez

Não iria derramar tantas lágrimas por me darem um adeus,
Que dor choraria  tão copiosamente em tão pouco tempo?
Não seria dor, seria  um tão passageiro e simples lamento

Dor, que é mesmo de saudade, para ser dor, dor de verdade,
Tem que ficar guardada bem dentro da alma infinta e ternamente
E ser chorada apenas um vez desde que se faça de eternamente


José João
02/03/2.013

Um comentário:

  1. BOA NOITE AMIGO !!!!!!
    O QUE ESCREVES TRAZ A PLENITUDE MESMO SENDO UMA DOR...
    BJSSSSSSSSSSSSS

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...