segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Será que ainda te lembras...


Será que ainda estão contigo os sorrisos que te dei?
Será que os trata como trato todos os que me deste?
Trago-os guardados carinhosamente dentre de mim
Como fossem relíquias guardadas por tempo sem fim

Será que estão ainda contigo os ternos olhares que te dei?
Os que me deste levo-os sempre como pedaços de mim
Pra onde vou estão comigo como orações que a alma rezou
Como pedaços completos que nem com um adeus terminou

Será que guardas no corpo as carícias que um dia te dei?
As tuas levo comigo gritando em meu peito a falta de ti
Como se fossem pinturas mostrando pra alma o que já vivi

Ainda trago comigo a saudade do beijo que não pude te dar
Será que te lembras? Aquele beijo que não podemos trocar
É, talvez esqueceste. E eu, por ele, ainda me ponha a chorar


José João
21/01/2.013




Um comentário:

  1. Realmente existem algumas lembranças que nem mesmo o tempo não apaga, ficam tatuadas nos, olhos, nos lábios, na pele... Lindo soneto poeta.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...