terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Apenas não sei



"Há uma sombra em teu olhar...uma tristeza na tua alma"
Um dia alguém me falou assim, calei. Pra que falar?
Quem sabe das tantas dores que a vida faz acontecer?
Os sonhos mortos, os tantos silêncios pra se poder viver?

Quem sabe exista uma perda que sei sentir e não sei dizer,
Que talvez a alma cale na vã tentativa de tentar esquecer?
Talvez uma dor que nem foi minha, mas tenho que chorar
Como se fosse herança, coisas que não se sabe explicar

Talvez foram despedidas dolorosas de adeus que não disse
De coisas que não falei, de momentos que nem sei se vivi
Sombras no olhar, tristeza na alma, não sei como estão aqui!

Se dentro de mim se escondiam as dores que agora me vêm
Se essa sombra no olhar são prantos que só agora sei chorar
De onde me vem essa dor que não é dor e que não sei explicar?


José João
15/01/2.012
Dulce, obrigado. Foi inspirador.




Um comentário:

  1. Jaum,

    Mergulhastes em ti mesmo. Há coisas que não tem nome, porém sentimos. Certas tristezas e mágoas, surgem da insatisfação em relação a nós, a uma outra pessoa e até mesmo diante de uma ou várias situações. O que vem da alma nem sempre entendemos, mas sei como dói ou incomoda. Acredito que são ciclos que ainda não se fecharam ou quiçá, estás intimamente ligado a algo até forma inconsciente e sem saber, sentes, sei lá, o tempo te trará a resposta. Algumas opções revelastes em teus versos.
    Paciência e fé!
    Abraço,
    Alice.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...