quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Uma palavra apenas


Não é preciso que diga palavras difíceis, nem bonitas
Basta apenas que sejam sinceras, diga palavras fáceis,
Dessas que saem alegres, pulando de dentro do coração
Palavras simples que a alma ouve como uma terna canção

Pode até dizer essas palavras comuns que todos falam,
Essas palavras que todos dizem e se perdem no tempo
Palavras soltas, em gritos, em sussurros, pouco importa
Até essas palavras que fácil são levadas embora pelo vento

Pode dizer palavras assim, não me importo.Vamos, diga...
Não precisa buscar palavras, dessas que a vida não entende
Palavra que por qualquer adeus se troca, se vai, se vende

Basta qualquer uma palavra, qualquer que venha de você
È tanto, seria como um hino que o mundo canta pra mim
Seria um doce sonhar para quem sabe... que nunca vai te ter.


José João
19/12/2.012





Um comentário:

  1. João o encanto das tuas letras esta exatamente na beleza da simplicidade que constrói em suas frases e versos e isto é muito lindo dai a minha gigante admiração por te Um abraço Pedro Pugliese

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...