segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Nunca mais


Uma lágrima, um sorriso, um adeus e uma saudade
Dois corações que se vão por caminhos contrários
A cada passo mais distantes estarão, olhos molhados...
Apenas lembranças ficarão entre seus tantos guardados.

Lembranças do perfume dos beijos no sabor dos lábios
Lembranças dos momentos que, agora passado, ficaram
Lá atrás, num tempo em que tudo se dizia eternamente
Como se o passado e o sempre fossem sempre o presente

Mais lágrimas, um sorriso sem gosto, amarelo e triste,
Apenas rascunho de um riso riscado nos lábios sem cor
A alma chorando um adeus, de joelhos gritando essa dor

A saudade, ambígua, fica com um e com o outro se vai
Aos dois se faz de amiga, chora com eles dores iguais
E sabe: Esse dois corações não se encontrarão nunca mais


José João
17/12/2.012








2 comentários:

  1. Boa tarde! Lindo, cortante... como a saudade.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado, Ana. As vezes a poesia é uma história da vida. Abraços.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...