segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Histórias de mim



Desenho minha história sonhando musicas que não ouvi
Crio minhas emoções ouvindo canções que não existem
Corro com as nuvens na loucura do meu mundo vazio
Brinco de rezar orações olhando as flores em pleno cio

Canto com  a chuva chorando lágrimas que já nem sei
Se são minhas, se são da alma,  se lágrimas que já chorei
Ou se são lágrimas novas, mas não lembro de ter chorado
Lágrimas novas?! Se as chorasse teria sim, me lembrado

Conto para as estrelas minhas noites vazias, conto de mim
Das saudades, das lembranças, das minhas verdades fingidas
Dos prantos que chorei sorrindo das tantas dores sentidas

Ouço do tempo o que parecem histórias contadas pra mim
Vêm em suspiros, outras vezes sussurros, em voz tão baixinha
Que até custo crer que essas dores são mesmo só minhas


José João
17/12/2.012


Um comentário:

  1. José João...Magnífico trabalho ...como sempre uma poesia linda e se sonhas com musicas que nunca ouvistes melhor ainda Um grande Abraço Pedro Pugliese

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...