quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

A magia dos poetas


Até a morte se dobra àqueles que esconderam seus túmulos
Com a beleza do canto parido por seus corações: A poesia
Até o tempo se esquece de esquecer, e se faz de arauto
Daqueles que sabem fazer com letras as mais belas magias

O poeta faz de suas dores, fantasias, brinca de fazer versos
Com a própria vida, brinca de fazer dos maiores absurdos,
Mero acontecer. Pára os rios, banha na água de ontem
Que o rio guardou só para o poeta poder ser, estar e viver

Esses poetas que pintam no papel os mais belos horizontes
Desenham flores nas nuvens, esculpem poemas sem cinzel
Fazem rosários de estrelas, riem brincando de anjos do céu.

Mágicos, pintam o universo sem precisar de tinta nem pincel
Pintam suas cicatrizes na alma com a mesma cor dos prantos
Que choram rindo na poesia que fazem das dores... encantos


José João
19/12/2.012






2 comentários:

  1. Realmente, os poetas tem o dom de transformar as palavras, dando vida e encantos aos sentimentos, a natureza... São os mágicos das letras. Bjus

    ResponderExcluir
  2. José João muito indo como sempre ...este sentimento eleva os pensamentos recria a beleza das palavras que bricam no coração um abraço Pedro Pugliese

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...