sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Palavras que aprendi



Fui juntando calmamente a letras,
Sem me preocupar em ordena-las,
Até letras repetidas eu juntava,
Fui guardando-as pacientemente
Em uma gaveta que apenas eu via,
Mas que, na verdade, todos têm.
Depois, com mais paciência ainda,
Como em um jogo de quebra-cabeças,
Fui ordenando-as e dando forma às palavras,
Palavras simples, mas importantes,
Fui aprendendo a formar palavras,
Com mais letras, e sempre mais letras,
Depois que apendi a formar todas as palavras,
Fui aprendendo, sem pressa, a ordena-las.
Foram muitas tentativas, mas ia conseguindo,
Finalmente, um dia percebi. Sabia
Sabia ordenar as palavras como quisesse.
Então veio a pergunta: Que fazer agora?
Que poderia fazer com as palavras
Já que as colocava onde quisesse?
Decidi: Com as palavras vou fazer asas,
Asas que me levem onde eu queira ir,
Até mesmo passear dentro do tempo.
Com as palavras navego nas estrelas,
Elas me levam em belos mergulhos
Dentro do que ainda não conheço...
Mas, o mais importante 
Que as palavras me ensinaram
Guardei carinhosamente dentro de mim...
É como dizer  sentindo: Te amo


José João
16/11/2.012

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...