sábado, 3 de novembro de 2012

A falta de você



Pensamentos vão e vêm e não cansam de lembrar
De momentos tão distantes que vivi sem esquecer,
Sussurros que a vida me tomou para guardar,
Recordações que até hoje me ajudam a viver.
Sigo passo a passo os caminhos onde um dia eu passei
Sinto o gosto da saudade dos amores que deixei.
Ouço agora do tempo o que eu nunca quis dizer,
Das verdades que a vida me dizia e não quis saber.
Agora minha voz tão reticente tenho medo de sofrer
Por tudo que não fiz, brincando de viver,
E hoje... o que sinto é a falta de você, mas agora
O que é que eu faço, com o tempo que passou?
Com os momentos que ficaram entre nós e o adeus
Com essa saudade que na minha alma
Comodamente se deixou ficar?


José João
03/11/2.012


3 comentários:

  1. A pior saudade é aquela de quem está perto... Bjusss

    ResponderExcluir
  2. O maior das interrogações na saudade: "E agora?" A resposta está no coração de cada um, mas os seus versos tocaram o meu.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Muito lindo José joão vieste premiar meu dia com palavras tão lindas e precisas ...Obrigado meu amigo Pedro Pugliese

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...