sábado, 15 de setembro de 2012

Você... A poesia perfeita






Ontem quis fazer uma poesia,
Que fosse bonita, só pra você.
Uma poesia que juntasse todas as belezas,
Que juntasse todas as palavras belas,
Que juntasse todas as flores, estrelas,
Enfim, que mostrasse um por-do-sol único.
Ontem quis fazer uma poesia assim,
Que se declamasse com a voz do vento,
Que se ouvisse com a inocência da criança
Que se cantassem fosse com a beleza
E ternura do gorjeio mais perfeito.
Ontem quis fazer uma poesia
Que fosse bonita, só pra você.
Uma poesia perfeita, que até tivesse perfume.
Com o perfume do lírio, do jasmim da camélia,
Na verdade com o perfume das flores
De um jardim divino, celestial...
Tentei, querida, juro que tentei
Até pedi inspiração aos anjos, mas...
Mas quando chegaste que te vi...
Amor... Qual poesia mais bela pode existir
Que essa poesia que é você?!


José João

4 comentários:

  1. Meu querido José João ...Sem palavras ... a muito que não lia algo tão mais tão LINDO ... Grande poeta com meu carinho e um abraço Pedro Pugliese

    ResponderExcluir
  2. Esta poesia é tão especia e bela ...Que bom que você existe!!!

    ResponderExcluir
  3. Olá José. Que atrevimento chamá-lo assim, mais quando li suas poesias parecia que lia a mim mesma, parecia que enfim havia conseguido achar em poucas palavras a verdade que eu escondia. Você é a própria inspiração. Parabéns.

    Mara 07 de novembro de 2012 01:30

    ResponderExcluir
  4. Nossa que poesia linda!linda!linda!
    Realmente uma poesia perfeita!
    Fernanda Oliveira

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...