quinta-feira, 23 de agosto de 2012

E a história se fez


Um dia, muito distante, colori o mundo com meus sonhos
E o mundo ficou alegre, cor de beijos, de olhares apaixonados,
Cor de infinitas promessas de amor, cor do nascer do dia.
A alma brincou de sorrir, e o mundo fez de versos, melodias

Um dia fiz da saudade e do pranto uma história sem começo,
Por ser uma história desconhecida, dessas que ninguém sabe
Afinal meus sonhos coloriam o mundo em matizes cor de amor
Que outra cor ficaria? Num mundo em que a tristeza não cabe?

Um dia meus sonhos foram ficando velhos, e nunca aconteciam
As cores foram desbotando, foram ficando frias, quase sem tom
As melodias que o mundo cantava alegre foram perdendo o som

Os sonhos foram indo sem rumo, ao tempo, em desencantos
A saudade se viu nos espelhos em que meus olhos se fizeram
E a história se fez infinita e eterna nesses meus dias em prantos


José João
23/08/2.012

Um comentário:

  1. Mais uma vez belos e profundos pensamentos e parabéns ...prometo refleti-los !!! Com meu Carinho Pedro Pugliese

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...