sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Deixa pelo menos...


Deixa  teu perfume no quarto,
Teu retrato na sala de estar.
Deixa teu sorriso atrás da porta
Para quando a tristeza chegar

Deixa um sonho sob o travesseiro
Deixa teu calor no lençol, na cama
Deixa o adeus pendurado lá fora
Pra que o vento o leve embora

Deixa em meus olhos tua imagem
Do corpo, da nudez e do desejo
Deixa em minha alma a saudade
E nos lábios o sabor de um teu beijo

Leva tudo que queiras ou que possas
Mas deixa pelo menos a fantasia
A mentir-me que logos estarás de volta
Para que tua ausência se faça poesia.


José João
17/08/2.012

3 comentários:

  1. Bem bonito o poema. É como pedir para quem se ama, deixar um pouco de seu ar, para que possamos continuar a respirar a ilusão de amar.

    *vou levar seu selo e colocar na minha página de parcerias..é lindo..abraços!!

    ResponderExcluir
  2. Amigo venho agradecer-lhe se ter registado no meu blogue.
    Já fiz o mesmo no seu. A minha página no Facebook é
    Marques Irene se quiser mande-me um convite para sermos
    amigos.Gosto muito de poesia, e criei um blogue onde
    insiro fundamentalmente poesia que é:
    http://sinfoniaesol.wordpress.com
    se o quiser visitar, ficaria feliz.
    Voltarei sempre que possa.
    Bj.Irene

    ResponderExcluir
  3. Linda poesia de amor.
    E obrigada por teu carinho.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...