sexta-feira, 6 de julho de 2012

Recordações que me vêm



Recordações  me vêm da alma sem que peça
Já os sonhos vêm correndo com pressa de chegar
Pensamentos voam soltos em volteios com o vento
E se me chegam vêm dizendo que a alma quer chorar

Me sento em qualquer canto esperando a saudade
Que foi la atrás no tempo, outra história foi buscar
E os olhos inquietos em queixumes vão dizendo
Tudo isso só porque minha alma quis amar

Assim fico dentro de um passado que não quer passar
Remoendo ilusões perdidas que insistem em voltar
E o coração já me pergunta se é nele que elas vão ficar

Recordações de momentos passados entram sem pedir
Nessa saudade que agora sinto tão dentro de mim
E que fica, e se guarda, sem mais nunca querer ir


José João
06/07/2.012

Um comentário:

  1. Oi,
    já te seguindo, vem pra cá também.
    Cheiros
    Eu! Leilinha

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...