quinta-feira, 21 de junho de 2012

Tu, para sempre


Não quero mais sentir dores, chorar saudades,
Não quero mais buscar o teu olhar no tempo.
Entre tantas recordações agora tão distantes.
Quero apenas ser o que era antes, teu amante

Quero passear dentro de ti, no teu corpo molhado
Como rios que se fazem carícias e carinhos na alma
Não quero mais chorar essa  saudade tão doida
De todos aqueles momentos que a mim ti fazias cativa

Rio, estando cansado, indo fazendo estradas de sonhos
No teu corpo onde tanto deitei, sonhei, onde tanto amei
E que agora essa saudade me faz lembrar como errei!!

Corro em desespero no tempo, e o pobre pensamento
Voa buscando tua alma, teu calor. Minha alma chora
E não me responde por que um dia tive que ir embora


José João






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...