sexta-feira, 1 de junho de 2012

Essa dor que é nossa




Quem sabe esta dor que choras seja igual a minha
Aquela dor que nos sufoca o peito e no faz calar
Uma dor que dela ficamos cativos sem querer falar
E onde quer que se esteja sempre também ela está

Aquela dor atroz que não nos deixa um só instante
Tudo fica sem gosto, sem cor, a vontade vai embora
Uma dor que faz sorrir ser proibido, chorar é permitido
Uma dor que não dói mas nos toma o folego e o sentido

Será que esta dor que sentes é igual  à dor que sinto?
Que faz da cama companheira, do travesseiro confidente
Que fazem as lembranças doerem dentro da alma da gente?

A dor que traz uma ansiedade que não se sabe do quê
Uma dor que enche a gente de vazio e até da alma se apossa
Se sentes essa dor... chora comigo, que agora ela é nossa


José João



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...