terça-feira, 29 de maio de 2012

Me fizeste poder tudo


Onde quer que eu vá, ou onde esteja, não importa
Sempre vão estar, teu sorriso, a saudade e meu pranto
Sempre estarão comigo os momentos que vivemos
E sempre pra mim e pra alma  serão como divino canto

No universo mais distante se me fosse permitido estar
Comigo estarias, em pensamentos ou no meu sonhar
Não há distância no mundo, que a mim  possa impedir
De sentir tua presença dentro da minha loucura de existir

E que loucura esta seria não fosse tua presença na saudade
Que me toma como se fosses minha própria alma a me dizer
Que tudo que fiz, que senti, ou que vivi, tu que me fizeste viver

Me tomaste dos meus medos, dos meus temores de amar
Fizeste renascer a vontade de querer ao mundo bem alto gritar
Que tudo podia, tudo, até mesmo pela tua ausência ...chorar.


José João



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...