terça-feira, 1 de maio de 2012

Como nasceu a saudade


... Era uma vez um mundo tão pequeno  que só cabiam duas
pessoas, um pássaro que só cantava  poesias divinas, um pé
de flor, que de tão belo parecia ser mágico. Tinha dois lindos
horizontes para que houvesse dois pores-do-sol. Vivia nesse
mundo um casal muito apaixonado. Deus os colocou ali para
que fossem sempre felizes.
Havia uma  fonte de águas tão cristalinas que lhes serviam de
espelho, era um mundo só para os dois. Eles  se amavam  de
tal forma que não sentiam falta de nada, era tudo perfeito.Um
dia entretanto, o rapaz chamou a moça, linda parecia um anjo,
e disse.
- Amor, tudo é perfeito, mas a maior perfeição é você, e por
você acho que nos falta alguma coisa.
- O quê meu bem? Nós nos temos, nos amamos, vivemos no
nosso mundo lindo e perfeito. Não nos falta nada amor.
- É, querida,  mas então vamos fazer  alguma coisa diferente.
- O que meu amor?
- Sempre assistimos os dois pores-do-sol juntos, hoje vamos
assisti-los separados e...
- A não filho, acho que não vou gostar, e depois nosso mundo
é tão pequeno...
- Por isso mesmo amor.Vamos tentar, você ver o por-do-sol
do lado oeste e eu vejo o do lado leste. Só hoje amor.
- Está bem, vamos assistir como você quer.
Na hora do por-do-sol,  ele  atravessou as  águas límpidas e
sentou sobre uma pedra,  ficou admirando aquela beleza, ela
ficou do  outro  lado  sentada na relva, do lado de   um pé de
lírio vendo o por-do-sol. Passados os dois pores-de-sol, eles
se viraram  e  estavam ambos  chorando, correram um para o
outro e...
- Querido não faça mais isso, não gostei, fiquei triste e o por-
do-sol não teve a beleza de sempre.
- Querida, também senti a mesma coisa, nunca  mais faremos
isso. Mas como vamos chamar essa dor? É uma dor que nem
sei se é mesmo dor, mas dói.
- É amor, é uma dor diferente, não quero mais senti-la, nunca
mais.
Eles se abraçaram ternamente, trocaram um beijo apaixonado,
o beijo mais apaixonado que deram em toda vida.- ela disse -
- Amor   se  nosso mundo  fosse muito, muito  grande, se nos
perdêssemos e essa dor fosse para sempre, eu morreria.
- Eu também amor, nunca mais faremos isso.
Assim,  por  uma  brincadeira,  nasceu  a  saudade,  eles só a
criaram por que naquele mundo tão pequeno, eles não sabiam
o que era distância.


José João

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...