quarta-feira, 2 de maio de 2012

Como beijar uma estrela?


Emoldurada na janela a bela dama
Alva como um lírio a festejar
A bela aurora lentamente a acordar
Sinfonia de pardais a chilrear

A fina dama de sorriso angelical
Inocente, mas ofuscando até o sol
De embriagador perfume matutino
Fazendo inveja às flores do arrebol

Que belos traços! Doces de luar!
Que bela voz que o vento tenta imitar
E na soleira um ousado rouxinol
Vem sua beleza, todo prosa, admirar

Então me rendo a beleza fascinante
E na relva me deito como amante
Como servil pastor desse meu sonho
De ama-la sempre, à alma proponho

Mas que pretensão maior poderia haver!
Nos braços sonhar te-la um dia
Como ao céu subir, voar e beijar
A mais bela estrela arredia?

A estrela, em mim me chega em razão
Porque nesta conquista fustigar a mente?
Se na verdade nos meus sonhos
Posso ama-la, posso te-la eternamente


José Jão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...