quarta-feira, 18 de abril de 2012

Por tudo que não fiz


Buscar os pensamentos que ficaram perdidos no tempo
Procurar rastros já apagados nos caminhos que percorri
Aguçar a alma procurando ouvir o eco de gritos que gritei
E rezar outras ladainhas com orações que não rezei

Ir buscar lá dentro, onde o esquecimento guarda as coisas
Em baús empoeirados, invisíveis, rotos por tantos guardados
Lá bem dentro, onde só se alcança com a dor da saudade
Os tantos sonhos que hoje caducos se fazem  eternidade

Busquei entre dores e remorsos os eu te amo que não disse
Os sorrisos que não quis sorri e os acenos que não dei
Procurei tudo isso. A falta que  me faz... só agora eu sei

Talvez se eu não tivesse negado tanto hoje tivesse algum
Sorriso para receber, beijo pra dividir, abraço para aquecer
Talvez não sentisse agora toda essa tristeza... esse  tanto sofrer.

José João









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...