terça-feira, 17 de abril de 2012

Os dois lados de mim



Um lado de mim é colorido como viçoso jardim
É estrada e horizonte em campos que não têm fim
As pedras da outra margem é o outro lado de mim
São marcas de tristezas que o tempo deixou assim

Um lado de mim é luz em poemas que a amar induz
Sou a rima mais perfeita do verso que ainda não fiz
O outro lado de mim escreve estrofes sem ter rima
Canta versos sem motivos coisas que a alma não diz

Um lado de mim é verdade a mais pura que pode existir
O outro lado é mentira, é a melhor caricatura de mim
Um lado de mim te olha nos olhos o outro só sabe fingir


Um lado de mim são sonhos mais belos que podem sonhar
O outro lado de mim é pesadelo que te faz medo dormir
Um lado de mim faz sorrir o outro sorrindo só faz ... mentir.

José João

Um comentário:

  1. Prefiro esse lado dos sonhos mais belos. Uma lindíssima poesia, versejada em sentimentos cheios de mágoas eu sei, mas é a medida de quem ama, colhe flor, se arranha nos espinhos e depois fica curado quando abre outra flor!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...