quarta-feira, 4 de abril de 2012

Muito além



Muito além de qualquer desejo, de qualquer sonho,
Muito além das estrelas, muito além de qualquer vida
Tu estás. Além, muito além das lágrimas, das lembranças,
Tu estás muito além. Ti vejo num mundo colorido,
Num horizonte distante onde flores brincam de cantar
Teu nome, como se fosses anjo brincando de ser o sol.
Muito além do tempo, desse tempo onde a eternidade
Se fez tão pouco, desse tempo que  eterno foi ontem
Quando eramos nossas próprias vidas.
Tu ficaste além do esquecer, além, muito além
Que qualquer ontem, que qualquer passado,
Que qualquer existir. Tu ficaste muito além da vida.
Sei que me esperaste, sinto agora teu desespero.
Perdoa. Não voltei. Ah! Se naquele sonho
O mundo parasse! Se naquele sonho o tempo voltasse!
Mas tudo está tão além de...mim, tão além de tudo,
Choro sempre, minha alma grita tua ausência,
Chama teu nome reclamando tua presença
E tu estás além, muito além do que não vivemos,
Dos sonhos que sonhei. Muito além de tudo
Só não das lágrimas que ainda não chorei


José João











Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...