segunda-feira, 30 de abril de 2012

Doce beijo da saudade


Dos lábios da saudade sorvo teu beijo
Pela ânsia incontida de tanto desejo
Que tão eterno em mim se faz sentir
Que até na alma, assim se faz existir

Desejo que em mim jamais se fez...
Arrebata alma e coração de uma só vez
Me leva a mistério ainda tão desconhecido
Que  o próprio tempo se faz surpreendido

Que saudade tão forte que  agora me tomou
Essa ansiedade que como chama me despertou
A vontade, de pelo menos, com teu beijo sonhar
E que desse sonho não mais precise acordar.

Ah! Esse teu beijo que a saudade me deu!
Alegrou minha alma, que até se pôs a cantar
Assim nela a tristeza toda se desfez
Que sorrindo ela pede: Beija ele outra vez

José João



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...