sexta-feira, 2 de março de 2012

Sou teu


Sou teu, assim como é a brisa para o vento
Assim como é o verso, a poesia, para o poeta
Sou todo teu, assim como é do sol a luz
Sou teu, querida, assim como a palavra não traduz


Não há um momento, amor, que não seja teu
E cada um deles, se não estás, é uma saudade
Uma saudade diferente, ansiosa, alegre, ardente
Como carícias, já me deixando a tua vontade...


Amor, como é bom te amar assim como ti amo
Que importaria me amar se não te amasse mais
Que egoísta seria, antes de te amar, me amando!


Vem amor, vem que minha alma anseia tua chegada
Até minha tristeza, meu amor, vai embora rindo
Quando percebe, querida, que a mim tu estás vindo!


José João

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...