quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

As estrelas amam



Ontem fui contar  estrelas,  a  cada  uma  que  contava dava
um  nome,  mas uma,  a  mais  escondida  de  todas,  quando
a  olhei, ela  timidamente  disse:  Já  tenho  nome.       Fiquei 
surpreso, primeiro por  ouvi-la falar, não sabia que  estrelas
falavam,  segundo   pela  distância  que   estavamos,            e 
finalmente por que entendi  uma  estrela.Como é seu nome?
Perguntei.  Ela   com  um  sorriso  doce,   um   sorriso meigo,
como só as estrelas  sabem   sorrir,  disse  apenas. Adivinha!
Como  poderia  adivinhar o nome de  uma  estrela?
Mas  os  desafios  nos  fascinam,   fiquei  pensando,    quando
para   minha   surpresa,   não   sabia   que   as   estrelas    era 
ciumentas,  as outras  começaram  a reclamar  perguntando.
Se   ela   já  tem   nome   porque   insistes? Ela  que diga. Nós,
é que  ainda não temos.  Não  resisti. Vocês falam? 
Perguntei. Claro, disse uma delas,  se  não  falassemos não se
riamos estrelas. Mas  estrelas  não falam,  todos  aqui  sabem
disso.   Todos    aqui   onde?   Perguntaram.   Aqui   na   terra
onde moro, respondei.  Elas rindo perguntaram.
-Se aí não nos entendem, porque estás nos entendendo?
-Não sei,  nunca havia falado com estrelas antes, na 
verdade, acho que estou ficando louco.
-Tu amas?
-Como? Não entendi.
-Se tu amas, se  tu te entregas ao amar como  se fosse a
o amor a própria vida.
-Não sei.
-Como não sabes!? É preciso que  uma estrela ti diga o
o que é amar?  Esses humanos tão desprovidos de 
sentimentos! São dignos de pena.
-E vocês amam?
Elas se olharam surpresas, como se estivessem ouvindo
a pergunta mais imbecil do universo, me olharam, dessa
vez percebi um olhar de pena. Disseram.
-O que tu achas? Será que não vês que  estamos milhares
e milhares de distância, algumas vezes até milhões  e
ainda assim enfeitamos o  mundo de vocês? Embalamos
os sonhos de vocês todas as noites, até  depois de mortas
ainda lhes damos luz  tanta é a  distância, agora vê, o
que  vocês  no dão?  Nada. Nós pedimos alguma  coisa
em troca? Nada. Nós  ficamos  felizes ao  ver vocês felizes,
e toda essa distância nos separa. Porque  vocês humanos
não se amam,  já que estão tão perto  um  do outro.
Pobres homens é preciso uma   estrela para faze-los
entender o que é o amor!
-Nós sabemos o que é o amor - disse mostrando convicção
nas minhas palavras -
-Então diz o que é o amor.
-O amor é você saber... - quando ouvi uma vozinha tênue
dizendo: Escuta  meu  nome é... o dia  chegou rápido, não
ouvi o  nome da  estrelinha tímida,  nem disse as estrelas 
que nós, os homens, sabemos sobre o amor.


José João









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...