segunda-feira, 10 de outubro de 2011

simplesmente não sei





Hoje o que sinto não é dor nem saudade,
Nem angustia, nem tristeza, nem ansiedade
Hoje o que sinto, não sei, é um gosto de nada
Tão intenso que deixa a alma marcada


A vontade se foi, nem de chorar eu preciso
Talvez me falte o que ainda  não sei
Talvez no caminho perdido em que caminhei
Com ele perdido também eu fiquei


O mundo se cala em silêncio profundo
Perdidas as cores como no fim do mundo
Amanhã outro dia, se importa? Não sei
Que vivam as lágrimas com que me banhei


Ouço do nada o som do vazio que só eu posso ouvir
Me atento a um pranto de longe ouvido, um sussurro...
Loucura talvez, mas posso escutar o silêncio falar...
Posso escutar o silêncio cantar... ou chorar?


Percebi que o vazio lá de fora é o de dentro de mim,
Até a loucura que dizem vazia, em mim tem razão
Que louco eu sou se ontem chorei e não me esqueci?
Será que é loucura dizer que um dia... vivi?


José João

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...