terça-feira, 12 de julho de 2011

Minha flor



Todas as madrugadas
Quando ela me acorda,
Incrivelmente bela pra mim,
Exala seu melhor perfume
De todos o dias, mas é único,
É terno, é encantador.
Minha flor é única, me alucina,
Me faz sentir bem mais
Que um simples homem, desperta
A criança que tem em mim
E me deixa mais completo.
Ela é vaidosamente feminina,
Não a vaidade de se fazer bela,
Mas a vaidade de me fazer feliz.
Todos o dias minha flor
Desperta com o mesmo perfume
Mas todos o dias me pergunta
Se seu perfume não está mais doce,
Ela se esforça para me agradar
Todos os dias mais e mais,
Digo que está, embora seja,
O mesmo perfume maravilhoso de sempre
Que me inebria, que me dá vida.
Pelo brilho de felicidade
Que vejo em seu olhar
Compensa essa generosa mentirinha.
Também minha flor, é bem mais
Que petálas frágeis e perfumadas,
É um sonho de como gostaria
De acordar todas as manhãs.
É o sonho de acordar
Com o perfume de uma mulher.

José João

2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...