sexta-feira, 17 de junho de 2011

Quero viver livre



Quero viver livre, solto, assim como o amor
Percorrendo estradas, horizontes e corações carentes,
Quero voar em volteios leves como voam as poesias,
Invadindo corações e pensamentos,
Despertando desejos, sonhos esquecidos, e ir.
Sem estradas, sem caminhos assim com vai o vento
Cantando canções que ninguém entende,
Atravessando cercas, quintais, jardins
Como se fosse dono do mundo ou do tempo.
Quero voar como voam os pássaros, migrando
Entre espaços desconhecidos de diferentes horizontes,
Sobrevoando oceanos e sentindo a brisa doce e terna
Lhes roçar o corpo como abraços do céu.
Quero ser livre para ver um por do sol a cada dia,
Diferentes,  por serem únicos em cada porto,
E por ser, em cada porto, uma saudade diferente.
Quero ser livre para sentir saudade
Até das dores que já senti, das lágrimas que chorei,
Sentir saudade dos beijos que não dei,
Dos amores que não vivi, das palavras que não disse,
Dos olhares que não dei ou não recebi.
Quero ser livre para sentir saudade
Dos carinhos que não dei, dos cabelos que não afaguei,
Das lágrimas que não chorei, dos sonhos que não sonhei.
Quero ser livre para sentir meus momentos, todos,
Até os mais tristes pois foram emoções sentidas e vividas.
Quero ser livre para viver minha própria tristeza, afinal
Minha tristeza não é um estado de espirito sutil e passageiro
É o privilégio de um dom.

José João








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...