sábado, 19 de março de 2011

Tua partida



Quando partiste
Não me deixaste apenas só,
Amputaste minha parte mais vital,
Minha alma.
Agora vivo sem parte dela
Mas na verdade o pior é ter
Que suportar tua ausência.
Te procuro, te busco,
Tento até sonhar contigo,
Por vezes te sinto tão perto
Que do meu silêncio ouço tua voz.
Ah! Que dor tão doída!
Que saudade que não passa!!
Não sei como posso suportar
A falta de tua presença.
E por não saber suporta-la vem
A expressão mais verdadeira da dor:
As lágrimas.
Choro, e na minha saudade
Estão todos os teus sorrisos,
Todos os teus olhares,
Na minha angústia,
Me vem tudo que não te fiz.
Por vezes me conflito ao chorar
Por não saber se choro somente
Pela tua perda, ou se também,
Pelo remorso de não ter te dado
O que tanto gostarias
E não pude te dar.
Mas na minha razão
Tenho uma certeza maior,
Te amo. E vou continuar
Te amando sempre.
Que bom que o próprio esquecimento
Respeita tua presença
Como se pra ti ele não existisse.
Estarás sempre aqui comigo,
Sempre... um beijo
E todos os que não te dei.

José João




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...