sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Brincando de fazer versos





Gosto de brincar de fazer versos
É como brincar de voar,
É como brincar de sonhar,
É como brincar de ser tudo
Sem nunca ter sido nada.
Gosto de brincar de fazer versos
Assim desenho o destino
Posso ser um deus, um rei,
Posso até ser um menino,
Posso ser um beijo, um desejo,
Posso até ser o que não vejo.
Gosto de brincar de fazer versos
Neles, posso mentir sem pecar,
Posso correr no espaço
Sem mesmo sair do lugar,
Posso fingir que estou fingindo
E calmamente chorar...

José João

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...